Alberto Augusto de Sousa

Alberto Augusto de Sousa
Ericeira

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"alberto-augusto-de-sousa","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"ericeira","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
anuncio100x60.png


Alberto Augusto de Sousa nasceu em 1880 em Lisboa.

Foi um notável aguarelista, ilustrador e desenhador português, foi discípulo de Nicola Bigaglia e de Manuel de Macedo. O artista colaborou em jornais portugueses tais como: "A Capital", "O Mundo", "Novidades", e "A Républica" entre outros. Destacam-se duas publicações internacionais: "L’Illustration" e "Illustrated Londed News". Ilustrou alguns livros "Pátria Portuguesa", de Júlio Dantas, e "Olivença" de Rocha Júnior e Matos Sequeira entre outros.

Em 1916 fundou a revista "Terra Portuguesa" com D. Sebastião Pessanha e Dr. Virgílio Ferreira, a dita revista abordava os temas da etnografia e arqueologia artística. O insigne artista abordou nos seus trabalhos temáticas bem portuguesas: os bairros típicos de Lisboa como foi o caso de Alfama e Mouraria, retratou as figuras típicas e históricas do seu país bem como os seus usos e costumes. Fez o registo dos trajes tradicionais de Aveiro, o aguarelista percorreu Portugal desenhando e pintando as comunidades rurais e urbanas, a sua faina, as festas e as romarias pintou e desenhou capelas, pórticos, claustros e fontes. Em Estremoz, a Associação Filatélica Alentejana e o Museu Municipal de Estremoz fizeram-lhe uma homenagem, a exposição englobou aguarelas e desenhos que foram cedidos pela família do pintor, constaram também objectos pessoais do artista e livros publicados pelo próprio. Alberto Augusto de Sousa viveu em Évora, cidade que também o homenageou. O Salão Filatélico homenageou o ilustrador lisboeta com uma mostra de postais e selos na "Filamoz 2008".Os motivos sobre Estremoz são "O Carro Alentejano", "O Poço", "O Quintal" e "A Lareira", o aguarelista pintou igualmente a Torre de Menagem, o ex-líbris da cidade.

O famoso aguarelista citadino é neto paterno de ericeirenses mais propriamente de José Gomes Mendonça e de Edwiges Emília Ramos. Na vila pitoresca, a sua casa situava-se em frente à Capela de Santo António. Alberto de Sousa era amigo de Jaime Lobo e Silva, o ilustrador pintou Lobo e Silva, o quadro está exposto na Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva, na Ericeira. O distinto artista pintou em 1921,1923 e 1954 a vila à beira–mar, lugar onde passou algum tempo da sua existência. Alberto de Sousa tem o seu nome ligado a uma praceta, o topónimo existe há 26 anos (desde 1984). É de realçar que algumas cópias das suas obras estão expostas no Arquivo Museu da Misericórdia da Ericeira.

Dele disse Júlio Dantas;

"Grande Artista! Alberto de Sousa realizou toda a sua obra de olhos voltados para Portugal sem os desviar um momento da terra que lhe foi berço."

O artista faleceu em 1961 aos 81 anos na cidade do Tejo.

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.

Sorry, no images found attached to this page.

Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Alberto Augusto de Sousa","order":"dateAddedDesc"}}

Fotografias da região

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Ericeira, alberto-augusto-de-sousa desenhador ericeira ilustrador pintor, -Alberto Augusto de Sousa","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Artigos relacionados

Artigos subordinados a este (caso existam):

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Comentários

Adicionar um Novo Comentário
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.