Alferrarede

Alferrarede
Abrantes



{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"alferrarede","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
anuncio100x60.png


Alferrarede é uma freguesia portuguesa do concelho de Abrantes, com 23,62 km² de área e 3.831 habitantes (2001). Densidade: 162,2 hab/km².

Localizada próximo do centro do concelho, a freguesia de Alferrarede tem como vizinhos o concelho do Sardoal a nordeste, e as freguesias de Mouriscas a leste, do Pego a sueste, de São João a sudoeste e de São Vicente a oeste. É ribeirinha do rio Tejo (margem direita) ao longo do limite com o Pego.

É a 11ª freguesia do concelho em área, mas a 3ª em população e a 5ª em densidade demográfica.

Localidades

Além de Alferrarede, a freguesia é constituída pelas seguintes localidades:

  • Tapadão
  • Olho de Boi
  • Canaverde
  • Alferrarede Velha
  • Barca do Pego
  • Casal das Mansas
  • Marco
  • Casais de Revelhos

História

Conta-se que o topónimo Alferrarede deriva do latim gypseptum (gessal ou mina de ferro) ou de ferratum (mina de ferro ou ferraria). Como refere o Dicionário Toponímico e Etimológico do Concelho de Abrantes, "existem algumas minas nestes sítios registadas oficialmente". Até à data não se encontraram, no entanto, vestígios significativos.

Património

  • Fonte de São José
  • Quinta do Bom Sucesso ou Quinta da Família Almeida ou Quinta da família Almeida Barberino (parte). A classificação inclui o solar do século XVII, o parque e a Torre da Marquesa, também denominada Castelo de Alferrarede.

Percurso

Ao passear pelas ruas de Alferrarede é possível observar algumas casas senhoriais, destacando-se o Palácio Marquesa do Faial e o seu Castelo que, embora classificado como património nacional, é um lugar privado. A ponte represa terá sido uma construção romana, reaproveitada no período filipino. À entrada da Freguesia recomenda-se uma paragem pela Fonte de S. José. Mais à frente encontra ainda a Fonte Quente, em que a água, segundo o povo, é fresca no Verão e quente no Inverno e por fim a Igreja de Nossa Senhora do Rosário que remonta a 1954. Em Alferrarede Velha pode ainda ser visitada a Igreja do Imaculado Coração de Maria, com construção de 1957, e em Casais de Revelhos a Igreja de S. João Baptista, cuja construção é de 1848.

Igreja de Nossa Senhora do Rosário

A Igreja da freguesia de Alferrarede tem o nome da padroeira da Freguesia, isto é, Nossa Senhora do Rosário. A festa dedicada ao Orago da freguesia realizava-se, até a alguns anos, no primeiro e segundo fins-de-semana de Setembro. Antecipadamente eram recolhidas fogaças pelas ruas da freguesia (onde se incluíam as famosas ferraduras) que, depois de benzidas na missa, eram leiloadas. Estas festas já não se realizam. Os únicos festejos esporádicos relacionados com a Paróquia são os arraiais escutas e as noites de fados a favor da Juventude Mariana Vicentina de Alferrarede.

Gastronomia

Favas aporcalhadas, achigã grelhado com migas de couve e pão de milho, couves com feijão e bacalhau assado, tigeladas e broas de mel.

Associativismo

Ligações externas

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.

Sorry, no images found attached to this page.

Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Alferrarede","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Comentários

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.