Alvações do Corgo

Alvações do Corgo
Santa Marta de Penaguião

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"alvacoes-do-corgo","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"santa-marta-de-penaguiao","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
anuncio100x60.png


Alvações do Corgo encontra-se situada a cerca de 3 quilómetros (1,86 milhas) da sede do concelho de Santa Marta de Penaguião, no distrito de Vila Real, e tem por orago Santo António, celebrado anualmente pela população, e meados de Junho.

O topónimo principal não é de fácil explicação pois que não deriva de “alba”, podendo no entanto derivar de “alvea”, designando “cavidade”, o que de certa forma vai de encontro à orografia local; no entanto, alguns estudiosos defendem a tese de que se tratavam de duas povoações distinta, com a mesma designação, “Alvação” podendo corresponder às actuais “Alvações do Corgo” e “Alvações do Tanha”, que pela sua proximidade se designava como uma só, “Alvações”, e posteriormente assumiram a sua individualidade, sendo distinguidos pelas linhas de água que lhes ficam próximas. Apesar de serem raras as notícias históricas anteriores à Nacionalidade, acerca da origem do povoamento desta freguesia, crê-se que seja bastante remota, pelo menos, tendo em conta os numerosos vestígios arqueológicos existentes nas freguesias circundantes e apenas alguns topónimos da freguesia, como é o caso do Portelo, diminutivo medieval de “porto”, ou “passagem entre cumeadas”. Um dos poucos documentos existentes relativos à antiguidade do povoamento de Alvações do Corgo poderá ser a ermida de S. Paio, cuja fundação deve remontar a meados do século X. A nível administrativo, Alvações do Corgo teve origem provavelmente pós-medieval e poderá ter pertencido à “terra” de Penaguião, embora paroquialmente surja nas “terras” de S. João ou S. Miguel de Lobrigos; neste ponto levantam-se algumas dúvidas, pois esta freguesia podia ter pertencido a S. João de Lobrigos, na medida em que em posteriores Inquirições, o seu padroado aparece em S. João; no entanto, nas Inquirições de 1258, na paróquia de S. Miguel, cita-se uma “villa Avessam”, que poderá corresponder à actual freguesia de Alvações do Corgo. Esta mistura de suposições é justificada pelo facto de nas Inquirições, os comissários registarem todas as informações obtidas não só dos lugares da respectiva freguesia, mas também de lugares vizinhos, desde que os jurados tivessem alguma informação. Segundo o padre Cardoso, Alvações do Corgo pertenceu à Casa do Infantado. Apesar de não se conhecerem pormenores acerca da instituição paroquial de Alvações do Corgo, o certo é que se deduz que a sua matriz tenha sido a de S. João de Lobrigos, isto porque até ao século XVII ou XVIII, o vigário da Alvações do Corgo era apresentado pelo abade de Lobrigos e, a partir deste século, passou a ser apresentado alternadamente pelo abade e pela Ordem de Malta, que tinha na freguesia bastantes bens. O património cultural e edificado existente na freguesia é a memória do seu passado, destacando-se a magnífica ponte de um arco, algumas casas brasonadas, a Igreja Paroquial e a capela da Azinheira. No entanto, as margens do rio Corgo constituem uma grande atracção turística de Alvações do Corgo, assim como a própria gastronomia típica da freguesia. A nível económico, Alvações do Corgo continua a ser uma freguesia tipicamente agrícola, onde predomina a cultura da vinha; no entanto, um grande impulsionador da economia local foi a linha de caminhos de ferro, não só pela criação de empregos como também por facilitar a comunicação e o transporte, sendo Alvações do Corgo durante muitos anos, a única freguesia do concelho a ser servida pela linha ferroviária, que outrora era o único meio de transporte acessível à população.
samuelblog
dorian
In: (http://www.alvacoesdocorgo.pt/historia.asp?var=2)

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.

Sorry, we couldn't find any images attached to this page.

Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Alva\u00e7\u00f5es do Corgo","order":"dateAddedDesc"}}

Fotografias da região

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Santa Marta de Penagui\u00e3o, , -Alva\u00e7\u00f5es do Corgo","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Artigos relacionados

Artigos subordinados a este (caso existam):

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Comentários

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.