António Franco Alexandre

António Franco Alexandre
Viseu

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"antonio-franco-alexandre","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"viseu","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
anuncio100x60.png


Nascido 17 de Junho de 1944, em Viseu, António Franco Alexandre é tido como um dos melhores poetas nacionais da actualidade. Doutorado em Matemática e em Filosofia, viveu e estudou em França e nos Estados Unidos

Biografia

Viveu na França, de 1962 a 1969, na cidade de Toulouse, onde estudou Matemática. Viajou para os Estados Unidos, onde continuou a estudar. Em 1971, mudou-se para a cidade de Paris. Apenas depois da Revolução dos Cravos retornou a Portugal. B.Sc. em Matemática pela Universidade de Harvard e doutor em Filosofia pela Universidade de Lisboa, desde 1975 lecciona Filosofia na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Obra

A estreia na publicação dá-se em 1969, com Distância. O ano da revolução de Abril é especialmente prolífero: o poeta lança Visitação, A Pequena Face, Dos Jogos de Inverno, Sem Palavras Nem Coisas. No ano seguinte, regressa a Portugal para leccionar na Faculdade de Letras de Lisboa. Segue-se a publicação das obras Os Objectos Principais (1979), A Pequena Face (1983), As Moradas 1&2 (1987), Oásis (1992). Em 1996 reúne todos os livros que havia publicado até então, à excepção do primeiro, em Poemas.

Em 1999 Quatro Caprichos vence o Prémio APE de Poesia, trazendo-lhe maior reconhecimento.

Duende é, segundo Eduardo Prado Coelho, «um dos mais belos livros de poesia amorosa que se escreveram desde há muito em língua portuguesa». O júri do Prémio Corrente D´escritas classifica-o como

«um livro que conjuga numa tensão permanente o fragmento e a totalidade, num poema feito de 52 sonetos, onde a originalidade do processo enunciativo impera dificultando a leitura, mas onde o ritmo e a rima colmatam essa dificuldade no sentido de uma evidência.»

É a consagração de um poeta de cuja vida pouco se conhece, mas cuja obra não esqueceremos facilmente.

Bibliografia

Poesia

  • 1969: Distância, edição do autor.
  • 1974: Sem Palavras nem Coisas, Lisboa: Iniciativas Editoriais.
  • 1976: Cartucho, em colaboração, edição dos autores.
  • 1979: Os Objectos Principais, Coimbra: Centelha.
  • 1983: Visitação, Porto: Gota de Água.
  • 1983: A pequena face, Lisboa: Assírio & Alvim.
  • 1987: As Moradas 1 & 2, Lisboa: Assírio & Alvim.
  • 1992: Oásis", Lisboa: Assírio & Alvim.
  • 1996: Poemas, Lisboa: Assírio & Alvim (livro de poesia reunida, exceto Distância, mais inéditos).
  • 1999: Quatro Caprichos, Lisboa: Assírio & Alvim.
  • 2001: Uma fábula, Lisboa: Assírio & Alvim.
  • 2002: Duende, Lisboa: Assírio & Alvim.
  • 2004: Aracne, Lisboa: Assírio & Alvim.

Outras publicações

  • 2006: Enciclopédia e Hipertexto, editado com Olga Pombo e António Guerreiro. Lisboa: Edições Duarte Reis.

Artigos relacionados com Viseu

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.

Sorry, no images found attached to this page.

Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Ant\u00f3nio Franco Alexandre","order":"dateAddedDesc"}}

Fotografias da região

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Viseu, escritor poesia poeta viseu, -Ant\u00f3nio Franco Alexandre","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Artigos relacionados

Artigos subordinados a este (caso existam):

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Comentários

Adicionar um Novo Comentário
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.