Arquipélago das Berlengas

Arquipélago das Berlengas
São Pedro

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"arquipelago-das-berlengas","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"sao-pedro-peniche","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
anuncio100x60.png


O Arquipélago das Berlengas está situado a 16 km a oeste de Peniche. O arquipélago é um possante bloco granítico. O seu território pertence à freguesia de São Pedro, concelho de Peniche.

Fazem parte deste arquipélago três pequenos ilhéus:

  • Berlenga Grande
  • Estelas
  • Farilhões

A parte mais importante da ilha é chamada Berlenga e representa mais de dois terços da superfície total da ilha. A outra parte chama-se Ilha Velha e encontra-se separada da restante ilha pela erosão marítima.

A Reserva Natural das Berlengas é candidata a Reserva da Unesco.

História

A ocupação humana da Berlenga Grande (única habitável) remonta à Antiguidade, sendo assinalada como, Λονδοβρίς, Londobris. Mais tarde foi chamada de ilha de Saturno pelos geógrafos Romanos. Posteriormente foi visitada por navegadores Muçulmanos, Vikings, corsários Franceses e Ingleses.

Em 1513, com o apoio da rainha D. Leonor, monges da Ordem de São Jerónimo aí se estabeleceram com o propósito de oferecer auxílio à navegação e às vítimas dos frequentes naufrágios naquela costa atlântica, assolada por corsários, fundando o Mosteiro da Misericórdia da Berlenga, no local onde, desde 1953, se ergue um restaurante. Entretanto, a escassez de alimentos, as doenças e os constantes assaltos de piratas e corsários Marroquinos, Argelinos, Ingleses e Franceses, tornaram impossível a vida de retiro dos frades, muitas vezes incomunicáveis devido à inclemência do mar.

Património

Edificado

Farol Duque de Bragança

O Farol da ilha foi construído em 1841, o Farol foi baptizado Duque de Bragança. O Farol utiliza a energia acumulada durante o dia (através de vários painéis solares), com 29m de altura. A sua luz é visível até cerca de 50 km de distância.

Fortaleza das Berlengas

O forte de planta poligonal irregular (orgânica), apresenta uma edificação principal no terrapleno, com doze salas ou quartos onde funcionavam as dependências de serviço (Casa do Comando, Quartéis de Tropas, Armazéns, Cozinha e outros) e mais oito compartimentos inscritos no interior das muralhas. Um corredor sem iluminação dá acesso internamente aos vários pontos da estrutura.

Natural

Fauna

No tocante à fauna destacam-se a lagartixa-de-bocage e o sardão, esta última espécie ameaçada pela populações de gaivota, coelho-bravo e rato-preto. Existem várias espécies de aves, marinhas e não-marinhas, que nidificam neste ponto isolado do litoral, tais como:

  • Airo (ave símbolo da Reserva Natural das Berlengas);
  • Cagarra;
  • Corvo-marinho-de-crista;
  • Gaivotas (gaivota-de-patas-amarelas e gaivota-d´asa-escura);
  • Pardela-de-bico-amarelo;
  • Roque de Castro

No mar, entretanto, é que se encontra a maior riqueza do arquipélago, de piscosidade ímpar na costa portuguesa.

Flora

Existem cerca de uma centena de espécies botânicas na área, incluindo:

  • Lobularia maritima
  • Frankenia laevis
  • Echium rosulatum
  • Thapsia villosa
  • Pulicaria microcephala
  • Papoila
  • Malmequer-amarelo
  • Anagallis monelli
  • Silene
  • Armeria berlengensis
  • Herniara berlengiana

Turismo

Existem dois restaurantes na ilha, o Restaurante e Quartos Mar e Sol e no Forte de São João Baptista, uma zona de campismo e um minimercado com produtos essenciais.

Praias

  • Praia do Carreiro do Mosteiro

Bibliografia

  • Jornal Alvorada n°1020

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.

Sorry, no images found attached to this page.

Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Arquip\u00e9lago das Berlengas","order":"dateAddedDesc"}}

Fotografias da região

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"S\u00e3o Pedro, arquip\u00e9lago-das-berlengas berlengas peniche s\u00e3o-pedro, -Arquip\u00e9lago das Berlengas","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Artigos relacionados

Artigos subordinados a este (caso existam):

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Comentários

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.