Artur Dias da Silva Nogueira

Artur Dias da Silva Nogueira
Dornelas do Zêzere

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"artur-dias-da-silva-nogueira","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"dornelas-do-zezere","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
anuncio100x60.png


Artur Dias da Silva Nogueira nasceu em Dornelas do Zêzere, concelho da Pampilhosa da Serra, a 3 de Novembro de 1918.

É filho do Prof. José Dias da Silva e Maria Palmira de Jesus Nogueira, sobrinho do então pároco P. José Nogueira de Almeida, todos já falecidos. Eram cinco irmãos, sendo ele o mais velho. Além deste, há dois vivos: o Eurico (n. 1923), Arcebispo Primaz emérito de Braga e o José Maria (n. 1928), professor de ensino básico aposentado. Os outros dois faleceram jovens: o Júlio com dezassete anos (1921-39) e o Fernando com trinta (1925-55).

Fez os cursos do Magistério primário em Lisboa (1937) e de Direito, com distinção, na Universidade de Coimbra (1944). Cumprido o serviço militar, foi Delegado do Ministério Público em Vila Real de Santo António e Lamego.

Posteriormente enveredou pela carreira diplomática, tendo servido o País no Ministério dos Negócios Estrangeiros, quase sempre no exterior: Adido em Paris, na NATO, organização internacional de que Portugal faz parte; Cônsul em Durban, Montreal, Caracas, Joanesburgo, Antuérpia e Hamburgo; Encarregado de Negócios na Guatemala e Embaixador na Zâmbia.

É condecorado com a Ordem do Infante D. Henrique.

Em 1983, ao completar 65 anos de idade, passou à situação de disponibilidade, conforme a lei, fixando a residência na casa possuída no Murtal (Parede), área do Estoril. Tem casa em Dornelas do Zêzere, construída no século XVIII pela família paterna, onde vem com frequência – e bastante demora no verão – com filhos e netos.

Casou em Setembro de 1947 com a Dr.ª Maria Lídia Anes Roque Duarte, já falecida (em Junho de 1991), pais de cinco filhos: engenheiro António Júlio (n. 1950) professor no ISEL e investigador no INETI, casado com Ana Isabel de Athayde, Dr.ª Maria Teresa (n. 1952) professora na Faculdade de Ciências da Universidade Clássica de Lisboa, Dr. José Artur (n. 1954) professor na Faculdade de Direito da mesma Universidade, casado com a Juíza Dr.ª Maria José Leitão, Dr.ª Ana Maria (n. 1961) professora de ensino básico em Arruda dos Vinhos e Dr. Joaquim Eurico (n. 1965) professor de Matemática na Universidade Nova de Lisboa.

Tem cinco netos: Francisco Miguel (n. 1982), Maria Margarida e Maria Ana (n. 1983), António Maria (n. 1985) e Catarina (n. 1992), todos estudantes universitários, excepto a última, ainda no ensino secundário.

Ligações externas

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.

Sorry, no images found attached to this page.

Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Artur Dias da Silva Nogueira","order":"dateAddedDesc"}}

Fotografias da região

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Dornelas do Z\u00eazere, diplomata dornelas-do-z\u00eazere embaixador, -Artur Dias da Silva Nogueira","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Comentários

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.