Cabreiros (Arouca)

Cabreiros (Arouca)
Arouca



{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"cabreiros-arouca","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
anuncio100x60.png


Cabreiros é uma freguesia portuguesa do concelho de Arouca, com 16,54 km² de área e 186 habitantes (2001). Densidade: 11,2 hab/km².

Localidades

Esta freguesia fica situada, como a de Albergaria, em pleno maciço de Fuste e, além de Cabreiros, tem hoje três lugares:

História

Cabreiros era da apresentação da Dona Abadessa Donatária do Mosteiro de Arouca. Pelo censo de 1527, só são referidos os lugares de Cabreiros com 11 fogos e o de Tebilhão com 9. Em 1767 tinha 65 fogos mas em 1950 subiu para 165 fogos, com 918 habitantes, tendo esta subida sido motivada pela procura de volframite e cassiterite, em que era muito rica.

Segundo as notas paroquiais do Padre Manuel Alvares, em 1758, as obrigações dos lugares que compõem esta freguesia de Cabreiros não eram dirigidas ao mesmo patrono. Assim, metade dos lugares de Tebilhão e Cabreiros pagavam o foro das suas terras à comenda de Rossas, ficando a restante parte destes lugares e ainda o foro correspondente a Rio de Frades e a Cando reservado ao mosteiro das religiosas da Vila de Arouca. O Dicionário Geográfico de 1747 e as Memórias Paroquiais de 1758 referem um hábito anual: na primeira Sexta-feira e Sábado do mês de Junho realizava-se uma procissão à serra da Mura, destinada a afugentar os roedores que por ali eram comuns, onde se encontravam os párocos de Cabreiros e Candal. O mesmo dicionário permite ainda reconstituir a economia da época na freguesia: Refere:

"(…) os frutos, que produz, são regadas com água de poços, ou prezas. Criam-se nelas bois, vacas e gado miúdo".

Economia

Actualmente, a freguesia de Cabreiros tem como principal actividade económica a agricultura.

Minas de volfrâmio

Aquando da Primeira Guerra Mundial, iniciou-se em Arouca a corrida ao Volfrâmio, minério utilizado no fabrico de armas e munições, com vista ao seu endurecimento e maior resistência. Foram estrangeiros quem fez as principais demarcações, que ainda conservavam aquando da Segunda Guerra Mundial, ou as transmitiram a outros, também estrangeiros. Durante a 2ª Guerra Mundial entre 1939 e 1945, operaram na saga da exploração de volfrâmio em Rio de Frades a Companhia Mineira do Norte de Portugal, de capital maioritariamente estrangeiro. Outras pequenas empresas ou empresários individuais exploraram volfrâmio em demarcações periféricas da referida empresa.

Nem só em Rio de Frades se explorou o Volfrâmio, sendo a procura deste um pouco por toda a freguesia com predominância nas proximidades de Cabreiros. Na época de exploração do minério os empregos eram muito raros, quase na sua maioria agrícolas, o que proporcionou uma grande oferta de postos de trabalho atraíndo assim milhares de pessoas a esta região.

Património

O património cultural e edificado é composto pela igreja matriz e pela capela de Santa Bárbara, que servem como sugestões de visita, aconselhando-se, ainda, uma visita à aldeia tradicional, ao lugar do Cando, moinhos de água e à serra da Cabreira.

Gastronomia

Também não deixe de provar a gastronomia típica, como o cabrito assado, vitela assada, broa de milho e a denominada sopa seca.

Ligações externas

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.

Sorry, no images found attached to this page.

Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Cabreiros (Arouca)","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Artigos relacionados

Artigos subordinados a este (caso existam):

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Comentários

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.