Caldelas

Caldelas
Amares



{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"caldelas-amares","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
anuncio100x60.png


Caldelas é uma freguesia portuguesa do concelho de Amares, com 4,47 km² de área e 1.030 habitantes (2001). Densidade: 226,6 hab/km².

A Vila de Caldelas, fica localizada no ”Coração do Minho”, no concelho de Amares, a cerca de 15 km a norte da cidade de Braga. As suas principais ofertas são a beleza e a calma das suas Termas e a hospitalidade e gosto de receber das suas gentes. Conta também com a sua proximidade do Parque-Nacional da Peneda-Gerês, que fica a 30 Km da freguesia.

As Termas de Caldelas, são conhecidas pelas suas extraordinárias qualidades para o aparelho digestivo (especialmente intestino), recebendo a Vila milhares de aquistas anualmente entre os meses de Maio e Outubro.

Para lá deste facto, a sua localização estratégica, no centro do Minho, na zona de transição do Alto para o Baixo Minho, e o facto de possuir excelentes ofertas de Hoteleira e Restauração, permite-lhe ser a base de apoio ideal para quem pretender conhecer o Minho. Caldelas fica, por exemplo, aproximadamente à mesma distância, a cerca de 30 km, de Barcelos, Guimarães, Ponte de Lima, Ponte da Barca e a cerca de 45 km do Porto, Viana do Castelo ou Monção. Conta também com a sua proximidade do Parque-Nacional da Peneda-Gerês, que fica a cerca de 30 Km da freguesia.

Toponímia

O nome de Caldelas (Caldellas na grafia antiga), é todo de origem latina e o seu significado relaciona-se directamente com as nascentes mínero-medicinais. Assim, etimologicamente, o vocábulo “Calldelas” é uma palavra derivada do étimo latino “calda” (que significa água quente) com o sufixo diminutivo “ella” também latino (que junta a ideia de pequenez), sendo o plural utilizado para referir duas nascentes. Assim “Caldellas” significa literalmente “pequenas águas quentes”, estando o nome da povoação naturalmente ligado ao período da romanização atrás referido, existindo registos escritos deste nome desde o sécilo XIII. Caldelas, só com um l, é a grafia moderna, adoptada no primeiro quartel deste século.

A título de curiosidade, refere-se aqui uma ingénua e errónea lenda, contada ainda hoje, sobre o nome Caldelas, certamente provocado por um erro ortográfico feito no século XVI. Assim, num documento datado de 1528, sobre direitos devidos ao arcebispo de Braga, o nome da povoação aparece com a grafia de Qualdellas, mais exactamente Sant´iago de Qualdellas. Por esta grafia alguém entendeu o que o vocábulo era composto pela justaposição de “Qual-dellas”, tendo o povo, sempre com a sua adorada imaginação, encontrado de imediato um significado para este nome, criando a lenda que passamos a descrever resumidamente: certo dia um forasteiro, que procurava o alívio das águas milagrosas, quando chegou junto das nascentes, deparou-se com a existência de não uma, mas sim, duas nascentes (que ainda hoje existem) e naturalmente perguntou, a alguém que se encontrava no local, “De Qual dellas devo beber?”. Contudo esta lenda, tal como referido acima, e o nome Qualdellas, derivam certamente de uma erro de um escrivão menos rigoroso, que trocou o C por Qu, visto que a grafia Caldellas está registada em diversos documentos dos três séculos anteriores ao primeiro aparecimento da grafia Qualdellas. Quanto aos nomes que identificaram as águas mínero-medicinais, podemos referir cronologicamente, desde os tempos da romanização até aos nossos dias, Caldellas, Caldas do Alvito (pequeno ribeiro que passa junto ao local), Caldas de Rendufe, Caldas de Caldelas, Poços e Banhos e finalmente, Termas de Caldelas.

História

Personalidades

O cozinheiro português António Silva (Chefe Silva) é natural da freguesia de Caldelas.

Património

  • Ponte de Rodas
  • Elevador do Grande Hotel da Bela Vista
  • Igreja Paroquial de Caldelas
736938.jpg

Ligações externas

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.

Sorry, no images found attached to this page.

Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Caldelas","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Artigos relacionados

Artigos com a mesma raiz:

Artigos subordinados a este (caso existam):

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Comentários

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.