Distrito de Coimbra

Distrito de Coimbra
Distrito

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"distrito-de-coimbra","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"distrito","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
anuncio100x60.png

O Distrito de Coimbra é um distrito português, pertencente na sua maior parte à tradicional província da Beira Litoral, embora vários concelhos da sua parte leste se dividam entre as províncias da Beira Alta e da Beira Baixa. Limita a norte com o Distrito de Aveiro e com o Distrito de Viseu, a leste com o Distrito da Guarda e com o Distrito de Castelo Branco, a sul com o Distrito de Leiria e a oeste com o Oceano Atlântico.

  • Área: 3947 km² (12º maior distrito português)
  • População residente (2006): 436.056
  • Sede de distrito: Coimbra

Subdivisões regionais

Na actual divisão principal do país, o distrito encontra-se integrado na Região Centro e dividido em duas sub-regiões, uma das quais integrando ainda concelhos pertencentes ao Distrito de Leiria: Baixo Mondego e Pinhal Interior Norte.

Em resumo:

Geografia física

A principal característica geográfica do distrito de Coimbra é o vale do rio Mondego, que domina a paisagem em todo o ocidente do distrito e constitui, com os vales de dois dos seus afluentes, o rio Alva e o rio Ceira, as principais características da zona oriental. O distrito divide-se, pois, em duas metades:

A ocidente estende-se uma planície costeira, atravessada, a sul, pelo curso inferior do Mondego. Esta área prolonga a planície costeira do distrito de Aveiro e tem a maior altitude (não muito mais de 200 m) no Cabo Mondego, perto da Figueira da Foz. A oriente, pelo contrário, entra-se na serra. No noroeste desta área, o relevo ainda não é muito pronunciado, com a Serra do Buçaco a atingir apenas 549 m de altitude. Mas a sueste domina o sistema montanhoso da Estrela, com a Serra da Lousã a subir até aos 1205 m de altitude, e a Serra do Açor até aos 1418 m. O distrito termina em plena vertente ocidental da serra da Estrela, a pouco mais de 10 km das maiores altitudes do território continental português.

Como já se viu, o Mondego domina a hidrografia, correndo de nordeste para sudoeste no curso superior e de leste para oeste no curso inferior, onde está rodeado de terrenos alagadiços. Todo o distrito está integrado na sua bacia hidrográfica, à excepção do litoral norte e da extremidade sueste, e todos os outros rios principais são seus afluentes. O rio Alva atravessa a zona oriental do distrito, de leste para oeste, o mesmo fazendo o rio Ceira, um pouco mais a sul. O rio Corvo, por sua vez, corre de sul para norte, indo desaguar no Rio Ceira muito perto de Coimbra, e o mesmo fazem o rio Soure, a ocidente e o rio Carnide, ainda mais a oeste. Todos estes rios são afluentes da margem esquerda do Mondego, que praticamente não tem afluentes na margem direita no distrito de Coimbra. A única excepção é um pequeno rio que nasce no Buçaco: o Botão. No sueste do distrito, a ribeira da Pampilhosa é afluente da margem direita do rio Zêzere, e o seu vale já vai, portanto, pertencer à bacia do Tejo. O próprio Zêzere serve de fronteira com o distrito de Castelo Branco.

No Mondego existe uma grande barragem, a Barragem da Aguieira, que serve de fronteira com o distrito de Viseu, e uma outra, bastante mais pequena: a Barragem da Raiva. No Alva existe a Barragem do Rei de Moinhos e a Barragem de Fronhas. O Ceira é represado pela Barragem do Alto de Ceira e pela Barragem de Monte Redondo. E, para completar a lista de barragens, a Barragem de Santa Luzia represa a ribeira da Pampilhosa e a albufeira da Barragem do Cabril, no rio Zêzere, ainda pertence em parte ao distrito de Coimbra.

A costa é em geral arenosa e baixa, com excepção do Cabo Mondego. Para norte estendem-se dunas extensas, que se prolongam vários quilómetros para o interior, semeadas de pequenas lagoas. A porção mais a norte do litoral do distrito, no concelho de Mira (Coimbra), é já uma parte afastada do sistema lagunar da ria de Aveiro, e quase todo o noroeste do distrito pertence à bacia hidrográfica ria de Aveiro - rio Vouga.

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.

Sorry, we couldn't find any images attached to this page.

Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Distrito de Coimbra","order":"dateAddedDesc"}}

Fotografias da região

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Distrito, coimbra distrito distrito-de-coimbra, -Distrito de Coimbra","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.