Enxames

Enxames
Fundão



{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"enxames","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
anuncio100x60.png


Enxames é uma freguesia portuguesa do concelho do Fundão, com 22,45 km² de área e 596 habitantes (2001). Densidade: 26,5 hab/km².

A freguesia de Enxames pertence ao distrito de Castelo Branco e encontra-se localizada entre a Serra da Gardunha e a Serra da Canaveira, fazendo fronteira com a Fatela, Capinha, Vale de Prazeres e Alcaide. Dista cerca de 13 quilómetros da sede concelhia. O orago da freguesia é São João Baptista.

Localidades

É uma aldeia tipicamente rural, constituída por "quintas" dispersas não havendo qualquer aglomerado populacional. A aldeia é composta por vários lugares:

  • Senhora do Fastio
  • Bairro dos Bem Unidos
  • Salgueiral
  • Valongo
  • Bairro da Ponte Nova
  • Vale de Bacelos
  • Cimadas
  • Vale da Rainha
  • Cimadas
  • Rossio do Magalão
  • Magalão
  • Vale da Teresa

Topónimo

A denominação Enxames poderá estar associada ao conjunto de abelhas ou a grande quantidade de pessoas ou coisas na época em que este território foi repovoado.

História

Apesar de ser de criação muito recente, de 30 de Junho de 1989, a freguesia de Enxames, desmembrada da povoação de Fatela, teve ocupação humana em épocas bastantes remotas, julgando-se que o povoamento do actual território deva datar da primeira metade do século XIII, dado que o lugar de Enxames era já citado numa relação de igrejas e rendas de 1260, publicada por Pinharanda Gomes.

Note-se uma outra notícia, mas no Tombo da Comarca da Beira, referente às inquirições de 1395, de D. João I, e que cita:

Deste documento se conclui que uma Margarida e um João Gomez, moradores e proprietários locais, exploravam courelas neste local.

Enquanto lugar da freguesia de Fatela, Enxames beneficiou do foral dado a Sortelha em 1 de Junho de 1510, por D. Manuel I, passando a integrar esse concelho até à sua extinção, a 24 de Outubro de 1855.

Em 2004 a aldeia teve finalmente acesso à rede de abastecimento de água ao domicílio. Foi a última sede de freguesia a ver colmatada esta necessidade básica. Depois da conclusão das obras ficou-se com uma rede de abastecimento de água ao domicílio que abrangia 75% da população. Nesta data a água chegou a pelo menos 400 habitações.

Economia

Todos os Enxamenses dispõem de uma horta ou pequena quinta. Aí são produzidos quase todos os géneros hortícolas com especial relevo para as espécies leguminosas cultivadas entre pomares e olivais. As principais produções agrícolas da freguesia são. o azeite, a cereja, o trigo, o centeio, o milho e a batata. Existem também explorações agropecuárias de nível familiar, derivadas de uma grande tradição de pastorícia e a apicultura. O sector secundário esta também representado na economia desta terra, destacando-se uma oficina automóvel, serralharia, alumínios e construção civil, bem como actividades de cariz familiar como fabrico de queijos de cabra e ovelha. No sector terciário temos dois estabelecimentos.

Artesanato

Como artesanato a aldeia tem Bombos, Cortiços, Tamancos de Madeira e bordados de Castelo Branco.

Património

A freguesia de Enxames tem como património cultural e edificado a Igreja Matriz, as capelas da Senhora do Bom Parto e de Nossa Senhora do Fastio e o cruzeiro, antigo símbolo de religiosidade. Como locais de interesse turísticos destacam-se as paisagens e a zona natural da freguesia, onde ressalta o rosmaninho que dá um magnífico colorido às paisagens locais. Refira-se ainda o Castro da Covilhã Velha.

Festas e Romarias

Festas religiosas

A festa de maior tradição é consagrada a Nossa Senhora do Fastio e Nossa Senhora do Bom Parto. Realiza-se no Domingo de Pascoela e Segunda-Feira seguinte no santuário e capela da sua evocação, onde ocorre grande número de romeiros de todas as redondezas. Da área envolvente da ermida e capela avista-se uma paisagem deslumbrante em todo o seu redor.

Temos também a festa em honra de Santo António que se realiza no Domingo Gordo mais conhecida pela festa das chouriças, oferecidas pelas gentes da terra de seguida serem leiloadas.

A festa do Santíssimo Sacramento realiza-se no primeiro fim-de-semana de Agosto.

Festas profanas

  • Festival de folclore da Liga dos Amigos de Enxames no último fim-de-semana de Junho
  • Festival de folclore do Rancho da Alegria no segundo fim-de-semana de Julho
  • Festas da Liga dos Amigos de Enxames, no último fim-de-semana de Julh
  • Magusto e abertura do pipo no São Martinho
  • Festas convívios dos honomásticos os Josés, as Marias, os Antónios e outros que se realizam todos os anos.

Heráldica

Depois de remetido o estudo prévio à Comissão de Heráldica da Associação dos Arqueólogos Portugueses, este mereceu parecer favorável por parte do seu Secretário, o Dr. José Bènard Guedes, emitido em 31 de Maio de 2004, nos termos da Lei 53/91 de 7 de Agosto. Foi publicado em Diário da República - III Séria, nº207 de 2 de Setembro de 2004. Os Símbolos Heráldicos da Freguesia de Enxames encontram-se registados na Direcção Geral das Autarquias Locais com o nº 199/2004 de 10 de Setembro.

Assim, o Brasão, a Bandeira e o Selo da Freguesia de Enxames ficaram estruturados da seguinte forma:

Brasão

Escudo de prata, pé de rosmaninho arrancado, de verde e florido de púrpura; em chefe, um enxame de sete abelhas de negro, realçadas de ouro, postas 3 e 4. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro: "Enxames - Fundão".

Bandeira

Púrpura. Cordão e borlas de prata e púrpura. Haste e lança de ouro.

Selo

Nos termos da Lei, com a legenda: “Junta de Freguesia de Enxames - Fundão”.

Simbologia

Rosmaninho

Representa a flora local, abundante em rosmaninho que dá um magnífico colorido às paisagens locais.

Enxame de Abelhas

Representam o topónimo da freguesia que poderá estar associado ao conjunto de abelhas ou grande quantidade de pessoas ou coisas na época em que este território foi repovoado.

Colectividades e instituições

Na aldeia existe actualmente ensino primário na Escola EB-1 dos Enxames, na qual à uns anos atrás existiu telescola com ensino até ao 6º ano. Tal como na grande parte das aldeias os edifícios públicos desta aldeia encontram-se próximo da igreja. Existe uma cantina escolar, o Centro de dia Nossa Senhora do Fastio, Salão de festas, o clube desportivo, casa mortuária, cafés e mercearias.

Existe ainda o edifício da Liga dos Amigos dos Enxames, no Vale de Bacelos onde funciona o posto médico e onde se encontra ainda a Associação Juvenil de Enxames, a Juvenxames.

Ligações externas

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.

Sorry, no images found attached to this page.

Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Enxames","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Artigos relacionados

Artigos subordinados a este (caso existam):

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Comentários

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.