Esmeriz

Esmeriz
Vila Nova de Famalicão



{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"esmeriz","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
anuncio100x60.png


Esmeriz é uma freguesia portuguesa do concelho de Vila Nova de Famalicão, com 3,75 km² de área e 1.905 habitantes (2001). Densidade: 508,0 hab/km².

São Pedro de Esmeriz é uma das quarenta e nove freguesias do concelho de Vila Nova de Famalicão. Ocupa uma área geográfica de 375 hectares e é atravessada pelo rio Pelhe. Faz fronteira com as freguesias de Antas S. Tiago, Cabeçudos, Calendário e Lousado.

História

Desde há séculos que São Pedro de Esmeriz é uma terra de extrema importância no contexto económico do concelho, sobretudo porque, outrora, nos moinhos situados ao longo das margens do rio que a banha, se moíam os cereais cultivados nos campos da freguesia, bem como os que chegavam, provenientes de freguesias vizinhas. Durante o domínio romano teve influência a sua proximidade à via Cale Bracara, via importante para quem se dirigia do sul do país para a cidade de Bracara. O seu topónimo Hermeriz ou Ermeriz, e que mais tarde se tornou Esmeriz significava "forte rei" na época dos suevos godos.

Esta freguesia tem o nome do padroeiro São Pedro, de Esmeriz. Segundo algumas fontes, Esmeriz terá nascido entre 1085 e 1099. A Igreja Paroquial de Esmeriz era, então, o único edifício da freguesia, juntamente com um solar e com a casa senhorial da Quinta de Pereira, que possuía uma capela de Santa Maria ou Nossa Senhora das Mercês. A população da freguesia foi crescendo acompanhando outras terras, juntamente com o progresso industrial de Vila Nova de Famalicão. De facto, durante muitos anos, Esmeriz foi essencialmente uma freguesia cuja actividade principal era o sector primário (agricultura), tendo os seus habitantes que se deslocar para as freguesias vizinhas para trabalhar no sector secundário (indústria). Actualmente, com a criação de dois parques industriais na extremidades Nascente e Sul, o panorama foi substancialmente alterado, passando Esmeriz a ser uma freguesia também ela empregadora.

Património

A freguesia possui Igreja Paroquial (século XVI); Capela de São Marçal; Moinhos de água ao longo do rio Pelhe (século XVII); ponte medieval denominada de Ponte Pedrinha; Solar e Casa Senhorial da Quinta da Pereira (século XIII); Capela de Santa Maria ou Nossa Senhora das Mercês (século XVI); Quinta da Torre; Alminhas de Vila Verde (século XIX), em honra de Santo António, e do Souto, em honra das almas (século XVIII).

Honra de Pereira

Segundo uma pesquisa do professor Eduardo Santos Carneiro, a Quinta de Pereira, em Esmeriz, pertenceu a D. Pedro Afonso que, no ano de 1401, casou com D. Beatriz Pereira de Alvim, filha de D. Nuno Álvares Pereira. Como dote pelo seu casamento com o infante, receberia as terras de Barroso e Barcelos, a que se juntavam outros coutos e honras de Entre-Douro-e-Minho e de Trás-os-Montes, bens que se vinham acrescentar às doações de D. João I a seu filho, sobretudo os julgados de Viana, Faria e Vermoim, julgado este ao qual Esmeriz pertencia.1

Instituições

Esmeriz possui Centro Social e Paroquial com as seguintes valências: Creche, Jardim-de-Infância, Centro de Dia e Apoio Domiciliário. Possui ainda a Escola EB2,1 de São Marçal, ATL e Cantina, e Escola Pré-Primária.

A nível associativo destacam-se a Associação Desportiva de Esmeriz e o Corpo Nacional de Escutas.

Acessibilidade e Transportes

Em termos de transportes e acessibilidades, a freguesia de Esmeriz é servida pela Linha do Minho, ligação Porto - Braga - Viana do Castelo, com apeadeiro, anteriormente designado de Pisão e actualmente designado de Esmeriz. Ao nível rodoviário a freguesia tem ligação à variante nascente com acesso à A7 e A3, situando-se as portagens na área administrativa de Esmeriz.

Heráldica

Ordenação heráldica do brasão e bandeira publicada no Diário da República, III Série de 23/06/1999.

Armas

Escudo de prata, uma barra ondada de azul e prata de três tiras acompanhada de uma roda de azenha de vermelho e de uma anta arqueológica de negro, realçada de prata. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco com a legenda a negro, em maiúsculas: "ESMERIZ - VILA NOVA DE FAMALICÃO".

Bandeira

De vermelho, cordões e borlas de prata e vermelho. Haste e lança de ouro.

Ligações externas

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.

Sorry, no images found attached to this page.

Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Esmeriz","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Artigos relacionados

Artigos subordinados a este (caso existam):

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Comentários

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.