Gostei

Gostei
Bragança



{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"gostei","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
anuncio100x60.png


Gostei é uma freguesia portuguesa do concelho de Bragança, com 18,55 km² de área e 412 habitantes (2001). Densidade: 22,2 hab/km².

Está situada nos caminhos para as freguesias de Castro de Avelãs e Nogueira, na margem esquerda do rio Sabor. Abrangendo uma área de mediana extensão, a freguesia de Gostei localiza-se na periferia da cidade de Bragança, distando desta urbe uns sete quilómetros em direcção ao poente. Em termos de ligação viária à capital concelhia, é a mesma servida por um pequeno ramal camarário derivante da E.N. 103, possuindo também acesso praticamente directo ao I.P.4. A freguesia de Gostei é constituída pelas aldeias de Castanheira, Formil e Gostei.

A aldeia de Gostei teve foral dado por D. Dinis em Lisboa a 20 de Junho de 1289. Foi vila, com pelourinho, e sede do antigo concelho de Gostei, Formil e Castanheira, extinto no início do século XIX. Tinha apenas uma freguesia e, em 1801, possuía 290 habitantes.

História

A influência civilizacional do Lacio terá deixado em Gostei, um importante testemunho epigráfico, descoberto em 1882 sob o altar da Capela de São Cláudio. Considerada pelo povo como pertencente ao túmulo de São Cláudio, que haveria sido decapitado pelos mouros, foi incrustada esta lápide em um dos lençóis interiores dos muros da Capela (R. Colmenero). O bloco epigrafado com inscrição honorífica dedicada ao Imperador Cláudio (circunstância que poderá não se tratar de mera coincidência em relação ao orago escolhido para o templete, de remota origem medieval, como será de crer) passou durante muitos anos por ser parte de um miliário. Baseados naquele pressuposto, diversos autores propuseram a passagem, por área desta freguesia, de importante via romana, relacionado esta última, inclusivamente, com a ponte medieval, dita “de Ariães”.

Nas “inquirições” de 1258, ao tempo de D. Afonso III, surgem as arcaicas grafias “Gostei” e “Goetey”, presumindo os etimologistas que se tratará de evoluções da forma genitiva do nome pessoal germânico Gudesteus. Referem-se ainda as “Villas” de “Catineira” e “Filmir”, hoje lugares da freguesia sob as descrições de Castanheira e Formil. Estes últimos, com Gostei e Fundo da Veiga, englobarão actualmente 439 residentes. À Vila de Gostei terá sido concedida carta foral, em 1289, pelo monarca D. Dinis.

Festas e Romarias

  • São Cláudio (segundo Domingo de Setembro)
  • Festa de Pentecostes (dia de Pentecostes)

Património

As águas fluviais exercem notável influência económica e paisagística em Gostei, sobretudo após a construção de uma mini-hidríca. Nas margens da Ribeira de Gostei podem ser apreciados ainda diversos antigos moinhos e uma interessante ponte de alvenaria, em arco único (tida geralmente por romana, mas certamente de feição já medieval).

Revelado vai para um século por A. Lopo. o Castro de Formil (também conhecido por “Fragas do Castro” ou “ Feira dos Mouros”) ter-se-á constituído como um reduto fortificado castrejo durante a Idade do Ferro.

Ergue-se ainda, fronteiro à Igreja Matriz, o pequeno e singelo Pelourinho. Classificado como Imóvel de Interesse Público em 1933, a estrutura, de modestas dimensões, é composta por um embasamento em três degraus quadrangulares, suportando em fuste liso e curto de formato cilindróide, rematado ao alto por grosseiro e irregular elemento tronco-piramidal.

A Igreja de São Cláudio, em cuja frontaria se destaca um belo pórtico rectangular rematado por inusitado tímpano de recorte trapezoidal e contendo um nicho no interior, será talvez seiscentista.

Em termos de arquitectura religiosa, acresce ainda à freguesia as Igrejas de Castanheira e Formil, ambas de boas proporções. Conserva-se também o edifício (de traça vulgar, refira-se) onde terá funcionado o antigo Tribunal e Cadeia.

  • Igreja Matriz
  • Igreja paroquial de Formil
  • Igreja paroquial de Castanheira
  • Pelourinho
  • Fontes romanas
  • Casa do Tribunal e Cadeia
  • Ponte romana
  • Moinhos de água nas margens da Ribeira de Gostei

Artesanato

Miniaturas de madeira (utensílios para a lavoura) e tecelagem.

Colectividades

  • Associação Cultural e Recreativa de Formil
  • Clube de Caçadores Desportivos Ambiental Serra de Formil
  • Junta de agricultores de Gostei

Ligações externas

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.

Sorry, no images found attached to this page.

Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Gostei","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Artigos relacionados

Artigos com a mesma raiz:

Artigos subordinados a este (caso existam):

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.