Juncal do Campo

Juncal do Campo
Castelo Branco



{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"juncal-do-campo","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
anuncio100x60.png


Juncal do Campo constitui uma das freguesias do município de Castelo Branco. Possui um área de 2.218,1 hectares e uma população de 646 habitantes, (500 em 2001). Situa-se na encosta de uma lomba a cerca de 13 km da cidade de Castelo Branco, donde, na parte sobranceira se observam as serras de Alvelos, Moradal, Ingarnal, Gardunha, e por detrás destas, a Estrela. Confronta com os limites de freguesia de Freixial do Campo e Almaceda a norte, Salgueiro do Campo, a sul, Caféde pelo este e Sarzedas a oeste.

Localidades

  • Juncal do Campo
  • Palhota (casas) (426 metros do Juncal do Campo)
  • Manssama (823 metros do Juncal)
  • Fonte do Ferro (886 metros do Juncal)
  • Vale das Mindadas (1.200 metros do Juncal)
  • Lombas (1.238 metros do Juncal)
  • Zebreira Grande (a 1.245 metros do Juncal)
  • Olival do Cravo (Casas) (a 1.361 metros do Juncal)
  • Camões (Povoado)
  • Ribeira de Goulo (passa também por Sarzedas)
  • Cabril

Localização no concelho

mapa.gif
1 Alcains 10 Juncal do Campo 19 Retaxo
2 Almaceda 11 Lardosa 20 Salgueiro do Campo
3 Benquerenças 12 Louriçal do Campo 21 Santo André das Tojeiras
4 Cafede 13 Lousa 22 São Vicente da Beira
5 Castelo Branco 14 Malpica do Tejo 23 Sarzedas
6 Cebolais de Cima 15 Mata 24 Sobral do Campo
7 Escalos de Baixo 16 Monforte da Beira 25 Tinalhas
8 Escalos de Cima 17 Ninho do Açor
9 Freixial do Campo 18 Póvoa de Rio de Moinhos

Toponímia

O topónimo do Juncal do Campo prende-se com a existência, na zona, de junco em grande quantidade e da região se situar ao Sul da Serra da Gardunha e ser uma extensão de terreno mais ou menos plana e arável. Foi denominado inicialmente por Granja do Juncal e, mais tarde, Monte do Juncal.

História

Zona habitada desde as mais remotas eras como fica comprovado pela descoberta na área de machados de pedra polida do período Neolítico (que se inicia 8.000 anos a. C.). A presença romana fez-se também sentir. Algumas explorações mineiras, bem como lagariças utilizadas no esmagamento da uva, atestam o interesse dos Romanos pela zona. Foram igualmente encontradas na freguesia moedas romanas.

Em 1165 o rei Fundador doou estas terras à Ordem do templo para a povoar e defender do inimigo. Em tempos a região do Juncal chegou a pertencer a vila da Covilhã pois de acordo com foral dado por D. Sancho I, " O Povoador", os limites abrangiam esta zona. As pessoas mais idosas contam que os "Mouros" fizeram exploração de metais na zona.

Desde a fundação da nacionalidade que documentos de doação e forais afirmam a importância da região onde a freguesia de Juncal se insere. Podemos falar de sinais evidentes de povoamento a partir do séc. XVI. Com os topónimos de Juncal e Monte do Juncal aparece em documentação dos sécs. XVII e XVIII. Foi criada a freguesia independente de Salgueiro pelo Decreto-Lei nº 22844 de 19/07/33.

No campo da lenda, os mais idosos dizem que, em tempos há muito idos, nestas paragens teria existido um extenso Juncal, com boas ervagens que atraíam os pastores para apascentarem os gados. Assim, ao cimo do Juncal, teriam instalado uma queijeira e construído as primeiras habitações. Daí a razão de se dizer que a povoação terá tido origem numa queijeira.

De acordo com inscrições, a aldeia teve um significativo aumento na construção de casas para habitação na segunda metade do século XVIII. Actualmente, Juncal do Campo é uma aldeia de contrastes arquitectónicos profundos onde despontam ainda portados antigos com características quinhentistas e do século XVIII.

Foi criada como freguesia independente (com anexação das povoações Chão da Vã e Camões que pertenciam à freguesia de Sarzedas) por decreto de 19/7/1933, na povoação do mesmo nome, desmembrada da freguesia do Salgueiro do Campo. Juncal do Campo foi, pois, criada em 1933 a partir de território das freguesias de Salgueiro do Campo e de Sarzedas (Chão da Vã e Camões). Em 27 de Junho de 1955 começou a designar-se oficialmente por Juncal do Campo.

Festas e romarias

  • São Simão (segundo domingo de Agosto)

Economia

  • Agricultura
  • Construção Civil

Património

  • Igreja Matriz
  • Ermida de São Simão, provavelmente erigida no século XVII
  • Altar da Capela-mor

Estabelecimentos de ensino

  • Ensino Pré-escolar
  • Escola do 1º Ciclo

Cultura e desporto

  • Clube Desportivo
  • Campo de futebol
  • Campo polivalente e balneários
  • Associação Cultural
  • Grupo Cénico

Ligações externas

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.

Sorry, we couldn't find any images attached to this page.

Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Juncal do Campo","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Artigos relacionados

Artigos com a mesma raiz:

Artigos subordinados a este (caso existam):

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Comentários

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.