Montargil

Montargil
Ponte de Sor



{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"montargil","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
anuncio100x60.png


Montargil é uma vila portuguesa do concelho de Ponte de Sor, no distrito de Portalegre, com cerca de 4.000 habitantes (2007) e 296,76 km² de área. Densidade: 9,4 hab/km². Está a 27 Km da sede de Concelho, na margem direita do rio Sor.

Foi vila e sede de concelho até 1855. O município era constituído unicamente pela freguesia da vila e tinha, em 1801, 790 habitantes e, em 1849, 1.940 habitantes. Passou, em 1855, a integrar o concelho de Avis, sendo anexada a Ponte de Sor em 1871.

História

Montargil é uma das principais freguesias do concelho de Ponte de Sor, com uma longa história desde que foi concelho independente, até aos nossos dias. Hoje é uma vila moderna e desenvolvida.

O seu povoamento remonta à época pré-romana, como o atestam alguns objectos de cerâmica e sepulturas romanas. Em São Martinho, na margem esquerda do rio Sor apareceram vestígios de uma antiga povoação que deveria ser do tempo dos Lusitanos. Também no lugar das Mesas (serra de Montargil) surgiram restos de uma estrada lageada que se supõe pertencer à via romana que ia de Lisboa para Mérida.

Como freguesia a sua fundação vem dos primeiros tempos da Monarquia. Foi D. Dinis, em 1315, que lhe deu carta de foral. O seu nome primitivo deve ter sido "Mont'Argil" ou "Monte Argil" segundo o "Álbum Alentejano" de 1937. Segundo Pinho Leal seu primeiro nome seria "Monte Argel" que no português antigo significava Monte do Infeliz. Outros ainda, dizem que viria de "Monte Argila", o que é mais credível, devido ao terreno em que assenta ser de barro.

Montargil foi extinto como concelho em 1855 e passou então para o concelho de Avis, e a partir de 1871 para o de Ponte de Sor.

Património

Quanto ao património, merece destaque a Igreja Matriz, de uma só nave, com altar-mor do século XVIII e capela dedicada ao Senhor dos Paços. Do seu espólio destaca-se uma imagem de São Pedro e vários parâmetros, em madeira, uma custódia de prata da Renascença, duas navetas de prata e turíbulo e três cruzes procissionais, tudo do século XVII.

No presente é de referir a importância da barragem de Montargil, que foi um dos maiores empreendimentos da região nos últimos anos, dando emprego a milhares de pessoas durante a construção, animação turística e desportos náuticos, para além do armazenamento de água (115 milhões de metros cúbicos) que é a sua principal função estratégica.

Economia

Montargil é uma vila em desenvolvimento. A agricultura ainda é importante, mas a construção civil, a carpintaria mecânica, a serralharia civil e mecânica, a hotelaria e o comércio mostram bem a sua tendência para o desenvolvimento.

Cultura

Em termos culturais devemos destacar o Grupo de Promoção Sócio-cultural de Montargil fundado em 1970 que tem recuperado e divulgado as tradições da cultura popular.

Ligações externas

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.

Sorry, we couldn't find any images attached to this page.

Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Montargil","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Artigos relacionados

Artigos subordinados a este (caso existam):

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Comentários

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.