Nossa Senhora das Misericórdias

Nossa Senhora das Misericórdias
Ourém



{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"nossa-senhora-das-misericordias","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
anuncio100x60.png


Nossa Senhora das Misericórdias é uma freguesia portuguesa do concelho de Ourém, com 42,35 km² de área e 5.207 habitantes (2001). Densidade: 123,0 hab/km².

Até à elevação de Ourém a cidade, o nome desta freguesia era Ourém. No território desta freguesia está situada a vila de Vilar dos Prazeres.

História

De Abdegas o topónimo passaria a Ourém e, em 1989, a freguesia começou a designar-se Nossa Senhora das Misericórdias. Esta freguesia partilha a sede do concelho com a de Nossa Senhora da Piedade e representa a génese histórica do concelho, afinal, ali repousa o Castelo de Ourém.

Tomada aos mouros em 1136 por D. Afonso Henrique, Ourém passa a fazer parte do domínio cristão e em 1180 recebe de D. Teresa a primeira carta de foral. D. Afonso foi o grande obreiro da actual sede de freguesia - fundou o Paço Senhorial, os Torreões Sul, a Fonte Gótica, a Igreja Colegiada e Cripta e recuperou o castelo medieval.

Sucedem-lhe tempos menos áureos com o terramoto de 1755, responsável pela destruição do burgo. A pouco e pouco a área envolvente ao castelo refez-se e hoje assume uma dinâmica invejável. Da economia ressalta o sector do mobiliário, o segundo maior do País, bem como a confecção de têxteis, de artigos religiosos e outros produtos mais.

A freguesia é feita também da insigne paisagem cársica de corpo calcário e floresta mediterrânica, de muros de pedra solta, moinhos de vento, cisternas, fornos de cal e muitas casas em pedra que rematam a simbiose entre o homem e o meio. Os saberes-fazeres da tecelagem e até da gastronomia popular podem ali ser saboreados.

Imponentes e dignas de reparo são ainda as quintas e os templos religiosos, como a ermida de Nossa Senhora da Conceição (século XVII), a capela de Santo Amaro (século XVII), a capela de Vilar dos Prazeres (século XVI) e a capela da Melroeira, erguida em 1627.

Finalmente, encerremos esta «viagem» com uma visita ao Monumento Natural das Pegadas dos Dinossáurios da Serra de Aire inscritas no Bairro. Este «santuário paleontológico» oferece um percurso de cerca de 1000 metros, um centro de interpretação e painéis informativos.

Ao denso espólio natural, histórico e etnográfico alia-se uma forte dinâmica social e um pleno conjunto de infra-estruturas que proporciona o bem-estar dos habitantes.

Heráldica

Brasão

Escudo de ouro, castelo de azul, lavrado de negro, aberto e iluminado do campo; em chefe, o escudo das primeiras armas da Casa de Bragança, entre um crescente à dextra e uma estrela de seis pontas à sinistra, ambos de negro. Coroa mural de prata e três tor­res. Listel branco, com a legenda «NOSSA SENHORA DAS MISERICÓRDIAS».

Bandeira

Azul. Cordão e borlas de ouro e azul. Haste e lança de ouro

Selo

Nos termos da lei, com a legenda: «Junta de Freguesia de Nosso Senhora das Misericórdias – Ourém».

Património

  • Castelo de Ourém ou Paço dos Condes de Ourém
  • Antiga Vila de Ourém
  • Pelourinho de Ourém
  • Cripta e Túmulo de D. Afonso, Quarto Conde de Ourém e Primeiro Marquês de Valença, na Igreja Matriz de Ourém

Ligações externas

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.

Sorry, no images found attached to this page.

Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Nossa Senhora das Miseric\u00f3rdias","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Artigos relacionados

Artigos com a mesma raiz:

Artigos subordinados a este (caso existam):

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Comentários

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.