Parada de Todeia

Parada de Todeia
Paredes



{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"parada-de-todeia","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
anuncio100x60.png


Parada de Todeia é uma freguesia portuguesa do concelho de Paredes, distrito do Porto, com 3,64 km² de área e 1.844 habitantes (2001). Densidade: 506,6 hab/km².

Banhada pelo rio Sousa, esta freguesia é essencialmente agrícola, predominando a produção vinícola, embora o sector secundário tenha vindo a ganhar relevo, nomeadamente ao nível das indústrias de transformação de madeiras e da construção civil.

História

Remontando o seu povoamento à época romana, Parada de Todeia é conhecida, arqueologicamente, pela sua necrópole romana e pelo espólio que aí foi encontrado. Descoberta em 1921 por Mendes Corrêa, a necrópole consta de um povoado aberto e três sepulturas. Da principal documentação da freguesia destaca-se um documento manuscrito, em que D. Toda Ermides, neta do fundador do Mosteiro de Paço de Sousa, doou em 1071, uma herdade em “Parada”, situada perto do castelo de Vandoma, que se presume ser a actual freguesia de Parada de Todeia.

O topónimo principal da freguesia foi explicado na “Monografia de Paredes”, onde se pode ler que Parada tomou o nome do antigo português “parada”, que significava “jantar ou refeição” que os habitantes ou cultivadores das terras ou povoações eram obrigados a dar aos senhores delas, quando as visitassem, ou por lá passassem. Com o passar do tempo, as ditas “refeições”, que deviam ser pagas em géneros, foram trocadas por dinheiro, por imposição dos governantes e dos senhores das terras, pelo que o termo “parada” se tornou sinónimo de tributo. Segundo Pedro Ferreira, o determinativo “Todeia”, ou “Thodeia”, poderá provir de “Thadêa” e este de “Thadeu”, nome santo; sendo esta, portanto, a “Parada de Thadeu. Outras versões referem que Todeia significa “de todos, universal”, ou então, “Tutella”, a deusa romana protectora dos cereais contra as intempéries.

Tradições

O orago de Parada de Todeia é São Martinho de Tours, natural de Sabária, na Panóia que se alistou na guarda imperial aos 15 anos. Certo dia, para agasalhar um mendigo, cortou o seu nobre manto, a chamada clâmide com a sua espada e, reza a lenda, que lhe apareceu Cristo vestido com a metade da capa que tinha dado ao pobre. Aos vinte anos, abandonou a carreira militar, passou a levar uma vida cenobita, segundo a regra de São Basílio e, em 371, foi aclamado Bispo de Tours. São Martinho é um dos santos mais venerados do Ocidente, considerado o padroeiro dos hoteleiros, cavaleiros e alfaiates. A festa em sua honra, a 11 de Novembro, coincide com a época dos vinhos novos, daí a ligação que lhe costuma ser feita na tradição popular: “No São Martinho, mata o teu porco e bebe o teu vinho”.

Festas e Romarias

  • Nossa Senhora dos Remédios (primeira quinzena de Junho)
  • São Martinho (11 de Novembro)

Património

Parada, como geralmente é designada, é conhecida especialmente pela sua necrópole romana e pelo espólio que aí foi encontrado. Descoberta em 1921 por Mendes Correia, consta de um povoado aberto e três séries de sepulturas. Junto à Igreja Matriz, uma sondagem realizada em 1999 detectou, na encosta virada a norte, um conjunto de moradias e a via principal de acesso à igreja. Encontra-se próximo da necrópole romana. Os socalcos/leiras são o resultado de grandes transformações, como a construção de muros, um poço, plantação de vinha, árvore de fruto, e prática agrícola.

A Igreja Matriz é muito agradável à vista. A frontaria é totalmente revestida a azulejos azuis e brancos, que representam imagens sagradas e cenas bíblicas. A fachada termina em empena e tem torre sineira de três andares adossada ao lado direito. Nas traseiras da Igreja Matriz, pode ver-se um antigo sobreiro, secular, imponente, e uma placa de homenagem a D. António Barbosa Leão, natural da freguesia.

Completamente revestida a azulejo, é também a frontaria da Capela do Solar dos Chãos, pertencente à Casa do mesmo nome. Tem inscrita, acima da porta, dentro de frontão triangular, a data de 1895. A fachada termina em empena.

Da Casa de Ribeiro de Cima, salienta-se o mirante, conhecido localmente como Castelo. A Casa do Ribeiro de Baixo tem também algum interesse arquitectónico. De especial destaque são também o Solar de Ribeiro de Baixo e os belíssimos moinhos de água que povoam o rio Sousa, característicos das actividades económicas de outrora.

Personalidades

Artesanato

Para não esquecer a manufactura do passado, até aos anos 60 vigorava a arte de cestaria em verga. Por outro lado, aquando das festas em honra de Nossa Senhora dos Remédios, em Julho, levantavam-se no largo da Igreja, grandes arcos revestidos com flores, tudo ornamentado artesanalmente. Esta era uma actividade que movimentava toda a população, durante cerca de três semanas, e provocava saudáveis rivalidades entre a parte de baixo e a de cima da Freguesia, tudo em prol do agrado dos muitos forasteiros que acorriam a Parada, para apreciar essa arte ímpar em dimensão, em todos os concelhos limítrofes. No Porto, durante anos permaneceram réplicas desses arcos, infelizmente já desaparecidas.

Colectividades

  • Associação Desportiva, Cultural e Social de Parada de Todeia
  • Associação de Pais da Escola de Parada de Todeia
  • Associação de Pais do Jardim de Infância de Parada de Todeia
  • Associação Filarmónica de Parada de Todeia
  • Associação para o Desenvolvimento da Freguesia de Parada de Todeia
  • CADOPATO - Cooperativa de Água Domiciliária de Parada de Todeia
  • Comissão da Fábrica da Igreja de Parada de Todeia
  • Futebol Clube de Parada
  • Grupo Cénico e Cultural de Parada de Todeia
  • Nova Amizade - Cooperativa de Habitação de Parada de Todeia

Ligações externas

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.

Sorry, no images found attached to this page.

Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Parada de Todeia","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Artigos relacionados

Artigos com a mesma raiz:

Artigos subordinados a este (caso existam):

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Comentários

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.