Reserva Natural do Paúl do Boquilobo

Reserva Natural do Paúl do Boquilobo
Azinhaga

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"reserva-natural-do-paul-do-boquilobo","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"azinhaga-golega","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
anuncio100x60.png


Situado nas proximidades da Golegã, na freguesia de Azinhaga junto ao rio Almonda, o Paúl do Boquilobo é um habitat de elevada variedade animal e grande valor ornitológico. O local conjuga condições privilegiadas para a nidificação de várias espécies de aves aquáticas, nomeadamente uma significativa colónia de garças que chega a alguns milhares de indivíduos na época de nidificação (de Abril a Junho).Toda a zona se encontra parcialmente alagada durante a maior parte do ano, predominando na paisagem os maciços de salgueiros, as plantas aquáticas, uma extensa área de bunho e áreas de cultivo e pastagens.

Situada na confluência dos rios Tejo e Almonda, a Reserva Natural do Paúl do Boquilobo compreende uma área de cerca de 529 hectares numa zona caracterizada principalmente por maciços de salgueiros e freixos. Parte desta Reserva tem a particularidade de estar localizada na Quinta do Paúl do Boquilobo, que chegou a ser pertença das Ordens do Templo e de Cristo, tendo sido doada pelo rei D. João I ao seu filho Henrique.

A Reserva é uma zona húmida, e a única área protegida portuguesa integrada na Rede Mundial de Reservas da Biosfera da UNESCO, com as suas zonas interiores alagadas durante praticamente todo o ano, encontrando-se cobertas por várias e importantes espécies de plantas aquáticas e caniçais, pelo que o período mais agradável para visita é entre os meses de Março e Julho, quando a Reserva fica coberta do verde que a caracteriza.

É na Reserva Natural do Paúl do Boquilobo que está instalada a maior colónia de garças da Península Ibérica. Mas muitas outras espécies aqui habitam e denotam a importância desta Reserva, tais como anatídeos, galeirões, limícolas, o Zorro-comum, o Coelheiro, a Piadeira, ou peixes como o Ruivaco, a Boga-portuguesa, ou mesmo outras espécies como a lontra, o Toirão, o Rato de Cabrera, entre tantas outras.

Os acessos para a Reserva podem ser feitos através do caminho da Quinta do Paul ou pela Estrada da Golegã em direcção à Azinhaga (cerca de 2 km), não estando claramente assinalado o Percurso até à Reserva. O passeio pela Reserva tem a extensão de cerca de 4 kms, e pode demorar cerca de três horas.

Fonte de Informação

Artigos relacionados com Azinhaga

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.

Sorry, no images found attached to this page.

Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Reserva Natural do Pa\u00fal do Boquilobo","order":"dateAddedDesc"}}

Fotografias da região

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Azinhaga, azinhaga goleg\u00e3 pa\u00fal-do-boquilobo reserva-natural, -Reserva Natural do Pa\u00fal do Boquilobo","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Comentários

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.