São Paio de Merelim

São Paio de Merelim
Braga



{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"sao-paio-de-merelim","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
anuncio100x60.png


São Paio de Merelim, também designada por Merelim São Paio, é uma freguesia portuguesa do concelho de Braga, com 2,39 km² de área e 2.365 habitantes (2001). Possui, segundo dados estatísticos recentes, uma densidade de 989,5 hab/km².

A freguesia de São Paio de Merelim é formada por 18 lugares e está localizada no concelho de Braga tendo como fronteiras a norte a feguesia de Prado, esta pertencente ao concelho de Vila Verde, a sul a freguesia de São Pedro de Merelim, a nascente e a poente, respectivamente, as freguesias de Palmeira e Mire de Tibães. São Paio de Merelim encontra-se situada no Vale do Cávado, rio que no seu trajecto corre ao longo de toda a freguesia podendo considerar-se uma fronteira natural com o vizinho concelho de Vila Verde, pois separa esta freguesia da acima citada, freguesia de Prado.

História

O primeiro documento sobre Merelim data de 1082 e diz "In Ripe Kataro in Villa Merlin". No censual (do Couto) de Braga lê-se que em 1082 Pedro Galindes vende ao Bispo D. Pedro parte do que possui em Merlin. O vendedor recebeu os seus bens herdados de Galindes Gonçalves. Este herdara dos seus avós. Assim pode-se concluir que mesmo antes de 1082 a «Villa de Merlin» já existia.

O nome "Villa" era dado a grandes extensões agrárias pertenças de um só Senhor, o nome de Merlin deriva do nome desse Senhor. Diz a lenda que Merlin era um cavaleiro importante homem que se distinguiu pelo seu valor, tanto guerreiro como em cavalheirismo e que foi companheiro do Rei Artur de Bretanha. Assim o dito Senhor baptizou esta Terra com o seu próprio nome. Foi no século X que lentamente se começaram a formar as Freguesias no Norte de Portugal. Assim, é apenas em 1220 que aparece a designação de São Paio de Merelim. Lê-se nas inquirições de D. Afonso II o seguinte: "De Saneto Pelágio de Merlin de Couto de Tibães". Encontramos duas designações novas: São Paio e Couto de Tibães. Pois bem, São Paio é o padroeiro mártir natural de Tui, em Espanha, que foi martirizado com 13 anos de idade no ano de 925 por ordem do Califa de Córdova. A sua fama de mártir expandiu-se e a população de Merelim tornou-o seu padroeiro. Os Couto de Tibães eram as diversas povoações que os Monges do Mosteiro de Tibães dominavam. Conclui-se portanto que a Freguesia de S. Paio de Merelim existia no ano de 1220 e era formada por 22 casas.

Um documento de 1320 dá-nos conta do potencial económico da Freguesia nessa altura pois na avaliação da Igreja de S. Paio de Merelim rendia 40 Libras. Diz o Documento: «Eclisiar Sanoti Pelagii de Merlin ad Ouadragenta Libra». Igualmente como marco económico aparece-nos no censual de Braga do século XI que São Paio de Merelim devia pagar à Sé de Braga o tributo anual de um moio.

Marco importante na Freguesia que relembra o domínio Romano é uma estrada, hoje transformada em pedaços de caminho, denominado "Estrada Real N.º 27" e que ligava Braga a Santiago de Compostela, em Espanha. A primeira ermida em Merlin data do ano de 500 d. C. que após várias remodelações ao longo dos anos terminou na actual construída em 1712. A primeira escola data de 1878, era particular e foi mandada construir pelo benemérito José António Fernandes Braga. Em 1968 foi construída nova escola, tendo o anterior edifício sido aproveitado pelos Órgãos Autárquicos para lá instalar a sede da Junta de Freguesia.

A freguesia não evoluiu muito durante o período do Fascismo, aliás como aconteceu com todo o território Nacional. Algumas coisas foram feitas, tais como, algumas pavimentações, electrificação, sendo a obra mais marcante a construção de duas habitações, ainda hoje propriedade da autarquia. Estas habitações entretanto beneficiadas foram construídas com a ajuda da população no terreno que era propriedade da Freguesia e durante um dos mandatos do Professor Domingos José Ribeiro. A grande explosão de crescimento e obras surge a partir de 1980.

Heráldica

Ordenação heráldica do brasão e bandeira publicada no Diário da República, III Série de 09/11/2001.

Armas

Escudo de ouro, com ponte de três arcos de negro, realçada de prata, movente dos flancos e de uma campanha diminuta ondada de azul e prata de cinco tiras; em chefe, palma de vermelho, posta em faixa. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro: "MERELIM – S. PAIO".

Bandeira

De vermelho, cordões e borlas de ouro e vermelho. Haste e lança de ouro.

Património

  • Igreja de São Paio de Merelim - maior ponto de fé da freguesia, onde a população se costuma reunir ao domingo para assistir à missa
  • Capela de São Roque - onde se organizam eventos fúnebres. É uma imagem de marca na festa de São Roque
  • Capela de Nossa Senhora do Carmo
  • Avenida de São Roque - a maior rua da aldeia e a mais habitada.

Festas e Romarias

São Roque

A festa de São Roque é um acontecimento anual e uma tradição de São Paio de Merelim desde há muitos anos. Nestas alturas, chegam pessoas de Braga, mas também de todo o norte português e por vezes de Espanha. A festa costuma ser sempre presenteada com diversos carroceis, vendedores ambulantes, espectáculos instrumentais e ainda pela actuação de um ou mais cantores portugueses. O ponto alto da festa é no último dia com a celebração da Procissão, com vários andores e muitas figuras alegóricas, que, durante a tarde, percorre vários lugares da freguesia.

Tão tradicional como a própria festa de São Roque é a presença de uma banda num espectáculo ao ar livre (normalmente a realizar-se no primeiro Domingo de Setembro). São Paio de Merelim já recebeu grandes bandas portuguesas como os Da Weasel ou mais recentemente os Pólo Norte ou Santamaria. O recorde de bilheteira, contudo, deu-se em 2006, com a presença de Tony Carreira num grande concerto.

Associativismo

A Associação de Solidariedade Social de São Paio é uma associação de caridade sem fins lucrativos que se destina a apresentar diversas actividades junto da população (adere gente de todas as idades, na maioria idosos). É a maior promotora de eventos em São Paio de Merelim e organiza frequentemente feiras ou jantares colectivos.

Praticam-se diversos desportos em São Paio de Merelim mas o desporto mais famoso é, como costume em todo o Portugal, o futebol. Existem na freguesia dois clubes de futebol licenciados: a Associação Merelim São Paio, um clube com razoáveis exibições ao nível de camadas jovens e ainda o Merelinense Futebol Clube, que foi o primeiro clube de São Paio de Merelim a atingir uma divisão nacional.

Ligações externas

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.

Sorry, we couldn't find any images attached to this page.

Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"S\u00e3o Paio de Merelim","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Artigos relacionados

Artigos com a mesma raiz:

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Comentários

Adicionar um Novo Comentário
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.