Sé do Funchal

Sé do Funchal
Sé (Funchal)

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"se-do-funchal","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"se-funchal","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
anuncio100x60.png


A Sé do Funchal, freguesia da , no Funchal, na ilha da Madeira, é um dos poucos edifícios que sobreviveram virtualmente intactos desde os tempos da colonização.

Nos anos 90 do século XV, D. Manuel I enviou o arquitecto Pêro Anes para trabalhar no desenho da catedral do Funchal, que ficou concluída em 1514. No entanto em 1508, quando o Funchal foi elevado à categoria de cidade, já se celebravam missas no templo. Contudo, o coruchéu da torre sineira e mais alguns detalhes só vieram a ser finalizados cerca dos anos de 1517-1518.

Os destaques vão para os assentos da capela-mor que exibem santos, profetas e apóstolos em trajos do século XVI. Nos pormenores decorativos dos assentos e apoios para os braços podem ver-se aspectos da vida da Madeira, como por exemplo um querubim transporta um cacho de bananas e outro carrega um odre cheio de vinho.

A igreja possui uma excepcional cruz processional, oferecida por D. Manuel I. Esta alfaia de culto em prata é considerada uma das obras-primas da ourivesaria manuelina portuguesa.

A construção

A Sé do Funchal é a mais emblemática obra do período manuelino edificada na Ilha da Madeira. Em 1493 iniciaram-se os trabalhos de construção, tendo sido concluídos no primeiro quartel do século XVI. A 12 de Junho de 1514, apesar de terem ficado por terminar alguns acabamentos, foi benzida e elevada a Sé Catedral, sendo então instituído o bispado do Funchal pelo Papa Leão X.

Os trabalhos de construção foram executados por dois mestres, Pero Annes, mestre carpinteiro e Gil Enes, pedreiro mestre, os quais edificaram um monumento com estrutura filiada no gótico mendicante, de planta em cruz latina de três naves escalonadas e com transepto saliente, cobertas por tecto de madeira. A nave central, a mais alta, prolonga-se até ao arco triunfal da capela-mor. Assim como as capelas, de Nossa Senhora dos Varadouros e de Nossa Senhora de Lourdes, as naves possuem um tecto de gosto mudejar, de influência islâmica em cedro branco da Ilha, sendo considerados os exemplares mais bem trabalhados existentes em território nacional.
A Sé do Funchal é composta pela Capela de Nossa Senhora dos Varadouros, (século XIX), Capela de Nossa Senhora de Lourdes, (séc XVIII/XX), Altar-mor, (século XVI), Altar do Santíssimo, (século XVIII), Altar de Santo António, (século XVII), Laterais, (século XVII / XIX), Pia Baptismal, (século XVI), Sacristia, (século XVIII) e Confraria do Santíssimo, (século XVIII).

Este é um dos poucos monumentos nacionais que preserva a originalidade das suas composições manuelinas, tendo sido classificada como Monumento Nacional em 1910. Até ao presente foram feitas diversas intervenções de restauro na Sé do Funchal. Entidades como a Direcção Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais, a Diocese ou o Governo Regional, através da Direcção Regional dos Assuntos Culturais têm contribuído para a manutenção desde exemplar único do nosso património.

Tesouros escondidos

Desde a ourivesaria sacra passando pelas pratas da Confraria do Santíssimo da Sé até à pintura, escultura ou cerâmica, ao entrarmos na Sé do Funchal, estamos perante um conjunto de tesouros escondidos, de beleza ímpar e valor histórico inestimável. Bons exemplos de toda uma riqueza artística são o Tecto de Alfarge, que à complexidade do desenho junta-se a beleza da decoração; o Cadeiral, que se conserva no local de origem ou a Cruz Processional. Logo à entrada da Sé, coberta por um coro que foi construído no ano de 1794 temos um importante órgão de tubos de origem inglesa que foi comprado à Igreja Anglicana do Funchal por ordem do bispo, em 1937, e foi colocado no coro alto. Foi construído por vários organeiros, segundo inscrição existente por cima do segundo teclado, sob a orientação do mestre organeiro T. A. Samuel. Segundo os entendidos, este órgão foi construído no ano de 1884. É totalmente mecânico de origem e do tipo orquestal, romântico, mas com uma base tradicionalmente sólida. Foi restaurado pelo mestre organeiro Dinarte Machado entre 1995 e 1996.

De destacar, na área da pintura, de entre um vasto conjunto de belíssimos exemplares os retábulos de São Francisco Xavier e da Sé do Funchal de princípios do século XVI, localizado no altar-mor. É de referir ainda os azulejos que decoram a Sé do Funchal. Começando pela Sala da Confraria do Santíssimo Sacramento, temos as paredes laterais que são revestidas por um conjunto de azulejos do século XVIII. Temos ainda os painéis da Capela do Amparo, adquiridos entre 1731 e 1735, desenhados em estilo «D. João V». Apesar de passarem despercebidos, o coruchéu da torre da Sé é revestido a azulejos azuis, vermelhos, verdes e brancos do primeiro quartel do século XVI e princípios do século XVII. Gaspar Frutuoso, no livro «Saudades da Terra» refere-se a estes azulejos dizendo: «quando lhe dá o raio do Sol, parecem prata e ouro».

Bibliografia

  • FERREIRA, Padre Manuel Juvenal Pita Ferreira, A Sé do Funchal, Funchal: Junta Geral do Distrito Autónomo do Funchal: 1963.
  • Funchal: Roteiro Histórico e Turístico da Cidade, Funchal: Câmara Municipal do Funchal, 1997.
  • FRUCTUOSO, Gaspar, Saudades da Terra: Ilhas do Porto Santo, Madeira, Desertas e Selvagens, Anotada por Álvaro Rodrigues de Azevedo, Funchal: Typographia Funchalense, 1873.

Ligações externas

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.

Sorry, no images found attached to this page.

Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"S\u00e9 do Funchal","order":"dateAddedDesc"}}

Fotografias da região

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"S\u00e9 (Funchal), 13 funchal monumento-nacional s\u00e9, -S\u00e9 do Funchal","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Artigos relacionados

Artigos com a mesma raiz:

Artigos subordinados a este (caso existam):

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Comentários

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.