Terena

Terena
Alandroal



{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"terena","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
anuncio100x60.png


Terena é uma freguesia portuguesa do concelho do Alandroal, com 82,95 km² de área e 859 habitantes (2001). Densidade: 10,4 hab/km². Tem o nome alternativo de São Pedro, sendo por vezes também conhecida como São Pedro de Terena.

Localizada no centro do concelho, a freguesia de Terena tem por vizinhos as freguesias de Nossa Senhora da Conceição a nordeste, Capelins a sueste e Santiago Maior a sudoeste, e os concelhos do Redondo a oeste e de Vila Viçosa a norte. É a 4ª freguesia do concelho em área, mas a 3ª em população e em densidade demográfica.

Localidades

A freguesia inclui esta localidade e Hortinhas.

História

As origens da vila de Terena são muito antigas. O seu primeiro foral foi concedido no século XIII, sendo elaborado pelo Cavaleiro D. Gil Martins e sua mulher D. Maria João. Já no século XVI, em 10 de Outubro de 1514, o Rei D. Manuel I concedeu-lhe o Foral da leitura nova. A vila de Terena desempenhou um importante papel de defesa fronteiriça, através do seu castelo, que integrava a linha de defesa do Guadiana. No seu território desenvolveu-se desde tempos remotos o culto à Virgem Maria (possível fruto da cristianização de cultos pagãos), sendo o seu Santuário, hoje chamado da Boa Nova, já celebrado por Afonso X de Castela nas suas Cantigas de Santa Maria. O concelho de Terena, que abrangia as freguesias de Terena, Capelins e Santiago Maior, foi extinto em 1836, estando desde então integrado no concelho de Alandroal. O concelho tinha, de acordo com o recenseamento de 1801, 1 757 habitantes. Nos finais da década de 1970, foi construída nesta freguesia a Barragem do Lucefécit, que permitiu o desenvolvimento da agricultura de regadio nesta região. Nesta vila decorre anualmente, no Domingo e Segunda-Feira de Pascoela, a afamada e concorrida romaria de Nossa Senhora da Boa Nova.

Tradições

Lenda da Boa Nova

Conta a lenda que a "fermosíssima" Maria, a tal dos Lusíadas, princesa de Portugal, filha de D. Afonso IV, o Bravo, casada com o rei de Castela, veio com uma comitiva pedir auxílio ao pai a mando de seu marido que necessitava de travar a subida dos Mouros no seu território, mais concretamente no Salado. Só que também consta que o sogro não gostava muito dele por não ser um modelo de marido. Não há pai que goste de ver a sua filha humilhada e muito menos um rei. Depois do pedido de auxílio que não teve o resultado desejado, a "fermosíssima" saíu da corte e já estava nas imediações de Terena, quando chegou um emissário com a boa nova. Afinal o rei acabara por repensar o seu não e decidiu-se por ir em auxílio do seu pouco fiel genro. A princesa de Portugal e rainha de Castela num acto de agradecimento e profunda religiosidade prometeu logo ali mandar construir uma capela que perpetuasse tão boa nova. Assim se justifica a presença desta capela a cerca de quilómetro e meio de Terena e que tem como orago Nossa Senhora da Boa Nova. E assim é a lenda.

Na realidade, esta capela é um santuário mariano bastante antigo, julgando-se que possa resultar da cristianização de cultos pagãos, visto que nas imediações de Terena subsistem as ruínas do templo do deus Endonvélico.

Património

Arquitectura civil

  • Antigos Paços do Concelho
  • Pelourinho de Terena
  • Povoado fortificado e Santuário de Endovélico
  • Torre do Relógio
  • Ponte Velha de Terena ou Ponte do Lucefécit

Arquitectura militar

Arquitectura religiosa

  • Igreja Matriz de São Pedro
  • Igreja da Misericórdia
  • Santuário de Nossa Senhora da Boa Nova ou Capela da Boa Nova
  • Capela de Santo António
  • Ermida de São Sebastião
  • Ermida de Santa Clara (ruínas)
  • Ermida de Nossa Senhora da Conceição da Fonte Santa

Associativismo

  • Associação de Protecção aos Idosos da Freguesia de Terena (APIT)
  • Centro de Cultura e Desporto de Terena
  • Confraria de Nossa Senhora da Boa Nova
  • Confraria do Pão (Monte das Galegas)
  • Paróquia de São Pedro de Terena
  • Santa Casa da Misericórdia de Terena (actualmente sem actividade)

Ligações externas

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.


Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Terena","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Artigos relacionados

Artigos com a mesma raiz:

Artigos subordinados a este (caso existam):

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Comentários

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.