Vale de Figueira (Santarém)

Vale de Figueira (Santarém)
Santarém



{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"vale-de-figueira-santarem","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}
anuncio100x60.png


Vale de Figueira é uma freguesia portuguesa do concelho de Santarém, com 21,43 km² de área e 1.294 habitantes (2001). Densidade: 60,4 hab/km².

História

Esta aldeia, apenas a 14 km de Santarém, encontra-se situada num vale, paralelo ao planalto da Boa Vista, sendo famosa por ser a foz do rio Alviela, afluente do Tejo. É uma terra de campinos, cavalos e toiros, com uma beleza natural que tornam Vale de Figueira uma aldeia única no Ribatejo, rica na produção de vinhas e cereais.

As opiniões divergem, mas muitos acreditam que a origem do nome "Vale de Figueira" vem do facto de esta terra ter sido, em tempos, coberta por figueiras. A sua fundação é já dos tempos do Império Romano, tendo sido sempre considerada um dos locais preferidos da realeza portuguesa, para visitar, descansar e pernoitar, em especial de Fernando I de Portugal e Manuel I de Portugal dois dos seus maiores fãs. Para além disso, Vale de Figueira possuía um convento de Frades Franciscanos Arrábidos (Ordem dos Frades Menores), denominado de "Convento de Nossa Senhora de Jesus da Ordem de S. Francisco", do qual ainda restam, somente, algumas ruínas, incluindo a janela da qual se diz que os frades davam comida aos pobres.

A lezíria de Vale de Figueira é banhada pelos rios Tejo e Alviela e é conhecida pela sua beleza. Com efeito, desde 2008, um projecto conhecido como 'Rota dos Avieiros' foi iniciado para ajudar a desenvolver aldeias avieiras como esta, promovendo o seu turismo. Neste sentido, uma série de caminhos pedestres foi (re)criada, ao longo dos rios e por entre o mato do Quelhas, tornando possível explorar o melhor que esta terra tem para oferecer da sua beleza natural e selvagem. Para a aldeia em concreto, estão a ser estudadas visitas guiadas que cubram os pontos de interesse da freguesia, bem como desportos aquáticos e outros radicais, entre outras actividades culturais e de lazer. Porém, tudo depende dos fundos provenientes do Governo para o efeito.

Também famosas são as muitas quintas de Vale de Figueira, cada uma com conteúdos preciosos, desde carruagens antiquíssimas usadas pelas famílias ricas destas quintas, passando por capelas decoradas a ouro e outros materiais valiosos e ornamentais de séculos passados. Bons exemplos são a Quinta do Castilho, a Quinta de Nossa Senhora da Conceição e a Quinta da Boa Vista. Algumas das quintas são, também, muito famosas pelas suas ganadarias. Outra quinta que vale a pena ser visitada, pelo seu bosque e villa com piscina e jardim, é a Quinta da Sobreira.

No princípio do século XX, Vale de Figueira era rica na produção de azeite, tendo seis lagares de azeite a trabalhar, em conjunto. É por isso que as folhas de oliveira estão representadas no brasão da freguesia, juntamente com a folha da figueira e o chapéu do campino, símbolos já referenciados, todos acima das linhas azuis e prateadas que simbolizam, por sua vez, os rios Alviela e Tejo.

Simbologia do Brasão

A folha da figueira é, então, o símbolo falante, correspondendo ao nome da freguesia de Vale de Figueira. O barrete é o símbolo da lezíria, do campino, do cavalo e do touro bravo. Os dois ramos carregados de azeitona simbolizam a oliveira e a produção de azeite, fazendo funcionar os vários lagares existentes na freguesia. Algumas dessas árvores, simples mas nobres, eram como que privilegiadas na marca que ostentavam: uma marca a vermelho, a que se dava o nome “Pai do Céu”. O azeite dessas azeitonas era reservado ao culto, alumiando o Santíssimo Sacramento. O ondado de prato simboliza os rios Tejo e Alviela, importantes na fertilidade das terras, e também os pescadores de Vale de Figueira. A bandeira é verde, cor tirada das peças principais do escudo.

Ligações externas

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.

Sorry, no images found attached to this page.

Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Vale de Figueira (Santar\u00e9m)","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Artigos relacionados

Artigos com a mesma raiz:

Artigos subordinados a este (caso existam):

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.