Vila Franca de Xira

Vila Franca de Xira
Sub-região Grande Lisboa



{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"small","userName":"Portuguese_eyes","tags":"vila-franca-de-xira","order":"interestingness-desc","perPage":"1","limitPages":"1"}}

Foto de Vítor Oliveira

Lista de Municípios Portugueses

anuncio100x60.png


Vila Franca de Xira é uma cidade portuguesa no Distrito de Lisboa, região Lisboa e sub-região Grande Lisboa, com cerca de 18.400 habitantes. Pertencia ainda à antiga província do Ribatejo, hoje porém sem qualquer significado político-administrativo.

É sede de um município com 293,88 km² de área e 122.908 habitantes (2001), subdividido em 11 freguesias. O município é limitado a norte pelos municípios de Alenquer e Azambuja, a leste por Benavente, a sul pelo estuário do Tejo, a sul e oeste por Loures e a noroeste por Arruda dos Vinhos.

Vila Franca de Xira foi elevada a cidade em 28 de Junho de 1984, em conjunto com o Barreiro, Matosinhos, Mirandela, Oliveira de Azeméis, Ovar, São João da Madeira e Vila Nova de Gaia, no segundo pacote de elevação a cidades do regime democrático em Portugal.

As festas de Vila Franca de Xira, conhecidas como "Colete Encarnado" realizam-se no primeiro fim-de-semana de Julho e durante a primeira semana de Outubro realiza-se a antiga "Feira de Outubro", hoje chamada de Feira de Artesanato.

Freguesias

História

No lugar do actual concelho de Vila Franca de Xira existiram ao longo da Idade Média e até meados do século XIX quatro concelhos distintos - o de Povos (hoje uma povoação da freguesia de Vila Franca de Xira), Alverca do Ribatejo, Alhandra e Vila Franca; em 1855, porém, estavam todos integrados no actual concelho de Vila Franca.

Manteve disputas territoriais com Loures pela posse de Santa Iria de Azóia, que fizera parte do concelho de Alverca, mas fora integrada em 1886 no concelho de Loures; em 1916 separou-se de Santa Iria de Azóia a freguesia da Póvoa de Santa Iria, que em 1926 passou definitivamente ao concelho de Vila Franca.

Em Vila Franca deu-se, em 1823, o movimento revoltoso da "vilafrancada", levada a cabo pelo Infante D. Miguel contra a Constituição de 1822. Na sequência desses acontecimentos, Vila Franca de Xira foi renomeada para Vila Franca da Restauração; o nome, contudo, não durou, posto que após o fracasso da Abrilada, no ano seguinte, voltou à forma original.

Heráldica

Com base no parecer emitido pela Comissão de Heráldica e Genealogia da Associação dos Arqueólogos Portugueses, a constituição heráldica das armas, selo e bandeira do Concelho de Vila Franca de Xira, apresenta-se nos termos seguintes:

Brasão

Escudo de vermelho, torre de prata acompanhada de duas flores-de-lis de ouro. Coroa mural de prata de cinco torres. Listel branco, com a legenda a negro: “CIDADE DE VILA FRANCA DE XIRA”

Bandeira

Gironada de oito peças de branco e vermelho. Cordão e borlas de prata e vermelho. Haste e lança de ouro.

Selo

Nos termos da Lei, com a legenda: "Câmara Municipal de Vila Franca de Xira".

Ligações externas

Fotografias

Galeria dos nossos visitantes
As fotografias desta secção, em todos os artigos, são colocadas pelos nossos leitores. Os créditos poderão ser observados por clicar no rodapé em files e depois em info. As imagens poderão possuir direitos reservados. Mais informações aqui.

Sorry, we couldn't find any images attached to this page.

Galeria Portuguese Eyes
As fotografias apresentadas abaixo são da autoria de Vítor Oliveira.

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"size":"thumbnail","userName":"Portuguese_eyes","tags":"Vila Franca de Xira","order":"dateAddedDesc"}}

Mapa

Adicione abaixo os seus comentários a este artigo

Comentários

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under GNU Free Documentation License.